Cidades Destaques

Centro de Diagnóstico do Delphina Aziz zera filas de vários exames

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (9), pelo novo secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato- foto: Valdo Leão
Redação
Postado por Redação

O Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Rinaldi Abdel Aziz, conseguiu zerar as filas de espera para a realização dos exames de ecocardiograma infantil, tomografia, endoscopia digestiva, colonoscopia, retossigmoidoscopia e mamografia. Além disso, a unidade, que pertence à rede estadual de saúde, superou a meta de atendimento no pronto-socorro, que era de 12 mil e saltou para 14,5 mil em junho.

A agilização dos procedimentos se deve à entrada em operação do Centro de Diagnósticos da unidade e ao trabalho de gestão hospitalar realizado no hospital.

Parque de imagens

Com um moderno parque de imagens, o Delphina Aziz realizou apenas este ano mais de 43 mil procedimentos de alta complexidade em apoio ao diagnóstico correto. São 13 tipos de exames disponíveis: tomografia computadorizada, ressonância, raios-X telecomandado, colonoscopia, endoscopia, ultrassonografia com doppler, ecocardiograma, holter, mamografia, entre outros.

Os exames são agendados exclusivamente pelo Sistema de Regulação do Amazonas (Sisreg). De acordo com a coordenação do sistema, a fila de espera se caracteriza quando os pacientes que agendaram a solicitação de exame não conseguem realizá-lo no prazo de até 30 dias.

Completando três anos de existência neste ano, o Delphina Aziz atende pacientes de todas as zonas de Manaus sendo com maior incidência das zonas norte e oeste, além de receber também pacientes que são encaminhados por municípios do interior do Estado.

O atendimento na unidade hospitalar pública vem recebendo a aprovação da população com um percentual de 92,6% – medido por meio de pesquisa de opinião mensal com os pacientes. “Essa pesquisa é um dos instrumentos que utilizamos para melhorar nossos processos”, destaca o diretor administrativo Remídio Vizzotto Júnior. Em 2017, mais de 9 mil pacientes participaram da pesquisa e avaliaram o atendimento que receberam.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários


Deixe um comentário