Cinco são presos suspeitos de homicídio de turista amazonense na Venezuela

Amaury Castro da Silva, de 48 anos, estava em um grupo de turistas (Foto: Divulgação)

Cinco pessoas, entre eles, um adolescente e uma mulher, foram detidas acusados de envolvimento na morte do empresário amazonense Amaury Castro da Silva, assassinado durante um assalto enquanto viajava na Venezuela. O crime ocorreu no domingo (14), nas proximidades da cidade de Upata e San Felix.


De acordo com a secretária adjunta de relações internacionais Fátima Araújo, os suspeitos foram detidos na manhã de terça (16) em um povoado próximo ao local de onde ocorreu o crime. A informação foi repassada a ela pelo Corpo de Investigação Penal e Criminalística do governo do estado de Bolívar.

“Eles estavam sendo investigados por crimes que vinham ocorrendo na estrada, até o momento não foi repassada informações se com eles foram encontrados os pertences levados da vítima” disse.

Caso – Amaury Castro da Silva, de 48 anos, estava em um grupo de turistas formado por vinte pessoas que viajavam do Amazonas para a Venezuela. O grupo viajava em um comboio de sete veículos quando foi abordado por um carro com os assaltantes nas proximidades da cidade de Puerto Ordaz. Além do tiro em Silva, os criminosos levaram os pertences do carro em que ele estava com a mulher e dois filhos.

Fonte: Folha BV