Coari: Preso professor que tinha imagens pornográficas da filha e enteada

Durante depoimento ele confirmou a conduta ilegal e nos entregou o pen drive contendo fotografias e vídeos da filha e da enteada- foto: divulgação/PC

Um professor de 52 anos que lecionava para alunos do Ensino Fundamental, denunciado por pedofilia, foi preso na manhã de hoje (16) por volta de 10h, em Coari. O homem foi interceptado em frente ao Auditório Silvério José Nery, localizado na estrada Coari-Mamiá, bairro União.

Segundo o delegado Mauro Duarte, a companheira do professor compareceu na manhã de hoje ao prédio da unidade policial e relatou que o homem teria imagens pornográficas das filhas em um pen-drive que ele costumava carregar. A mulher fez uma cópia do material ilícito e entregou aos policiais civis.

“Assim que tomei conhecimento do caso e da gravidade da situação, demos início às diligências. Durante depoimento ele confirmou a conduta ilegal e nos entregou o pen drive contendo fotografias e vídeos da filha e da enteada”, contou o delegado.

Conforme a autoridade policial, o professor confessou que registrava imagens da enteada, atualmente com 15 anos, desde quando ela tinha 13 anos. A filha, que é criança, também teve partes íntimas filmadas pelo infrator. “Em um dos vídeos o homem encosta o pênis na boca da enteada no momento em que ela dormia”, informou o delegado.

O professor foi preso em flagrante por possuir vídeos contendo cena pornográfica de criança e adolescente. Ele também será indiciado por filmar cena pornográfica com criança e adolescente, além de ser indiciado por estupro de vulnerável.  Agora, o criminoso ficará à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria.