Codam aprova R$ 80 milhões em investimentos para o interior do Amazonas

foto: divulgação

O plano de interiorização do desenvolvimento do Governo ganhou novo impulso com a aprovação da nova pauta do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) nesta terça-feira (27). Do total de R$ 869 milhões previstos em 33 projetos industriais, cerca de R$ 80 milhões foram destinados a projetos agroindustriais nas cidades de Presidente Figueiredo, Manacapuru e Humaitá, o maior volume de investimentos em uma única pauta do conselho voltados para cidades fora do eixo da capital.

Em Presidente Figueiredo, a 117 quilômetros da capital, a empresa ACB Andrade Comércio de Produtos Alimentícios e Indústria de Pescado Eireli pretende instalar uma unidade para produção de hambúrguer de peixe e peixe beneficiado com a mão de obra de 72 trabalhadores e investimentos de R$ 5,1 milhões.

Em Manacapuru, a Rancho Ferradurinha Agro Industrial vai produzir derivados de leite (doce de leite, manteiga, queijo e iogurte) com recursos de R$ 1,7 milhões e contratação de 25 pessoas.

Com foco na cadeia de Carne, o Frigorífico Amazonas aprovou projeto no valor de R$ 73,6 milhões para abrir unidade em Humaitá. A empresa se comprometeu, de acordo com o projeto, a contratar 120 pessoas. Esses três projetos estimam a criação de 217 vagas no mercado de trabalho no período de até três anos.

Outro destaque da pauta foi o projeto da Compal Eletronics, empresa de Taiwan, para a fabricação, no Polo Industrial de Manaus (PIM), de placas de circuito impresso para bens de informática, com a contratação de 212 trabalhadores e recursos de R$ 353 milhões.

A pauta da 287ª reunião foi aprovada na íntegra, resultando na aprovação de 33 projetos com investimentos de R$ 869 milhões e geração de 1.218 empregos.

Atendendo às recomendações das autoridades sanitárias, a penúltima reunião do Conselho foi realizada de modo inteiramente virtual pela plataforma Teams, exclusivamente para os conselheiros, com transmissão ao vivo pelo canal da Sedecti no Youtube.

Na abertura da reunião, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação Jório Veiga homenageou o empresário Mário Guerreiro, pioneiro e incentivador do empreendedorismo no Amazonas, que neste mês completou 100 anos de idade. In memoriam, o secretário destacou a trajetória do executivo Celso Piacentini, que faleceu neste mês, em reconhecimento a sua contribuição ao fortalecimento do PIM.

O presidente do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas, José Augusto de Melo, fez uma breve apresentação sobre os projetos de qualificação da instituição. A meta, segundo José Augusto, é fortalecer as parcerias com instituições privadas e do terceiro setor para ampliar ainda mais as ofertas de cursos e treinamentos.

Balanço

No balanço de cinco reuniões do Codam realizadas neste ano, o total de investimentos acumulados somou R$ 7,854 bilhões divididos por 163 projetos industriais aprovados. A previsão é de abertura de 5.275 vagas no mercado de trabalho.

A reunião anterior do Codam foi realizada no dia 26 de agosto, quando foi aprovado um volume de investimentos de R$ 4,569 bilhões, o maior registrado em uma única pauta nos últimos quatro anos.

Com informações da assessoria