Com 151 mil mortes por covid-19 no Brasil, Bolsonaro diz que pandemia foi superdimensionada

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse, nesta quarta-feira (14), que a pandemia do novo coronavírus foi “superdimensionada” no país. Até esta quarta, 151 mil pessoas morreram por causa da Covid-19 e 5,1 milhões foram contaminadas.

“Entramos 2020 e tivemos o problema da pandemia que, no meu entendimento, foi superdimensionado”, avaliou o presidente, nesta manhã, durante posse de Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira como presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.