Com aulas remotas, escolas particulares se destacam pelo ensino inovador e com qualidade

Foto: Divulgação

A oferta das aulas 100% remotas foi o grande desafio do ensino privado no ano passado, quando teve início a pandemia do Coronavírus. Apesar do cenário, as instituições, em Manaus, conseguiram oferecer um ensino de qualidade levando aos alunos o melhor conteúdo, além de proporcionar aos professores e funcionários o acesso a novas e modernas tecnologias. Com a volta às aulas a partir de 1o. de fevereiro deste ano, ainda no sistema totalmente remoto, seguindo as determinações do governo, as escolas estão prontas e experientes para esse novo momento.

Quem atesta a eficiência dessas novas ferramentas e modelo de estudos são os pais e responsáveis dos alunos, como a servidora pública Paloma Buzaglo, mãe de Abraão, 14 anos, que cursa o 1º. ano do Ensino Médio no tradicional colégio Palas Atena.

Ela relata que o ensino remoto tem sido um aprendizado para toda a família. O ano foi desafiador, mas eles conseguiram superar os obstáculos a partir do momento que entenderam a mecânica da nova rotina de estudos e que as aulas on-line se estenderiam ainda para o ano de 2021.

Por fazer parte da geração de jovens nativos digitais, a mãe de Abraão revela que a adaptação do estudante às plataformas aconteceu de forma intuitiva. “Disciplina e novos hábitos são fundamentais para essa nova forma de estudo. O mais difícil, para ele, tem sido a saudade dos colegas e da escola”, afirma Paloma. Dessa forma, a rotina do estudante segue da mesma maneira como se fosse se deslocar até a escola. Diariamente, pontualidade, material escolar em mãos e até o fardamento fazem parte da preparação para as aulas.

A mãe do aluno destaca ainda a importância da parceria e o suporte oferecido pelo Colégio Palas Atena. “Durante todo esse período a escola disponibilizou equipe de TI, orientação escolar, contato com os professores através de aplicativos de mensagens até mesmo em horários extra curriculares”, elogia.

Segundo a vice-presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM), Laura Cristina Vital, desde o início da pandemia a entidade tem destacado a importância do diálogo e relacionamento com os pais e alunos.

“Temos buscado mostrar que o papel da escola vai além do pedagógico, mas também uma rede de apoio social e emocional a toda a família, por isso essa relação é a base para que o processo de ensino-aprendizagem do aluno seja eficaz no sistema remoto”, apontou a representante do Sinepe-AM.

Com informações da assessoria