Com investimento de R$ 67 milhões, Governo do Amazonas inaugurou três escolas de Tempo de Integral no interior em 2019

Foto: Cleudilon Passarinho/Secretaria de Educação e Desporto

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, inaugurou três centros educacionais de Tempo Integral (Cetis) no interior do Amazonas, somente em 2019.

Ao todo, foram investidos cerca de R$ 67 milhões na construção das unidades de ensino, que, juntas, atenderão a mais de 2.800 alunos. Para este ano, o Governo do Estado já possui agendada a inauguração do Ceti de Presidente Figueiredo, localizado a 117 quilômetros de Manaus.

A primeira unidade de Tempo Integral inaugurada pelo governador Wilson Lima foi o Ceti Professor Aristélio Sabino de Oliveira, no último mês de agosto, em Benjamin Constant. Logo em seguida, foi a vez de Nova Olinda do Norte receber o Ceti Professora Rosária Marinho Paes, em outubro.

Pouco mais de um mês após a inauguração, o governador Wilson Lima voltou ao interior do estado para entregar o Ceti Agostinho Ernesto de Almeida, desta vez no município de Lábrea.

As unidades de Tempo Integral inauguradas em 2019 possuem o mesmo padrão e contam, cada uma, com 24 salas de aula, dois laboratórios de ciências e um laboratório de informática, uma biblioteca, um Espaço Google, cinco salas para administração, consultório odontológico, sala para atendimento psicológico, enfermaria, sala de professores, sala de coordenação, pátio coberto, cozinha com balcões em aço inox, banheiros femininos e masculinos nos três pavimentos de corredor dos Cetis.

Além disso, as unidades têm, ainda, uma ampla área dedicada à prática esportiva. Nela, estão dispostos: quadra poliesportiva, campo de futebol, piscina semiolímpica, vestiários e salas de dança, música, artes marciais, fanfarra e ginástica, para atender alunos tanto da sede do município, quanto das zonas rurais e ribeirinhas do entorno.

Para o início deste ano, o Governo do Amazonas já possui agendada a entrega do Ceti Maria Eva dos Santos, em Presidente Figueiredo. “Essas inaugurações representam não somente novas vagas para a educação no Amazonas, como também uma melhoria na qualidade do ensino. Estando em uma escola de tempo integral, o aluno terá um turno destinado a atividades complementares, como arte, música e reforço escolar. Isso mostra o esforço do Governo para que a nossa educação melhore cada vez mais, principalmente no interior”, afirmou a secretária executiva adjunta do Interior, Ana Maria Araújo.

Revitalizações – Junto à inauguração dos Cetis em Benjamin Constant, Nova Olinda do Norte e Lábrea, o Governo do Amazonas revitalizou 228 escolas no interior do Estado. Ao todo, foram investidos aproximadamente R$ 18 milhões nos trabalhos.

As revitalizações aconteceram em 43 municípios do interior, como Alvarães, Anori, Jutaí, Parintins e Tabatinga. O pacote de reformas inclui reparos na estrutura, rede elétrica e mobiliário, dentre outras obras.

“O processo de ensino-aprendizagem é fundamental, e sabemos que a infraestrutura das escolas influencia bastante nisso. Precisamos, sim, de professores e profissionais bem qualificados, mas nossas unidades têm de ter também boas condições físicas para que os alunos se sintam melhores e consigam desenvolver seus processos de aprendizagem com mais facilidade”, destacou Ana Maria Araújo.

(*) Com informações da Secretaria de Educação e Desporto