Culinária

Comida Di Buteco tem cardápio diversificado este ano

Em Manaus, 16 estabelecimentos estão participando do concurso que iniciou no dia 13 de abril- foto: divulgação/Comida Di Buteco
Redação
Postado por Redação

Um cardápio diversificado de petiscos – do caranguejo ao quibe de peixe — faz parte da mais nova edição do maior concurso de comida de raiz, o “Comida di Buteco”. Realizado desde 13 de abril em 21 cidades brasileiras, em Manaus, o evento tem o apoio da Prefeitura de Manaus, a partir da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Na 8ª edição na capital amazonense, o concurso vai até 6 de maio e envolve 16 estabelecimentos nesta primeira etapa do evento. Contando com 14 estreantes e dois retornando para a disputa, o “Comida di Buteco” tem como objetivo resgatar e valorizar os pratos tanto tradicionais quanto originais desenvolvidos pelos botecos que compõe o evento.

Os novos integrantes estão oferecendo os petiscos que são o carro-chefe do bar, enquanto os que retornam devem criar novos pratos para a competição.

Pratos

Entre os pratos que estão estreando este ano em Manaus estão os petiscos: Pirarukê (Do Boteco Videokê), Du Campo Pru Mar (Do Espetus du Manu), Sina de Odin (do LImerick Pub e Culinária Camponesa), Camarão com Crosta de Aviú (do Tambaqui no Ponto), Jerketarê (do Mix Steak Bar) e Casquinha de Caranguejo (do Monique Bar), Farofa de Camarão (do Saidera Videokê).

Retornando ao concurso estão os petiscos Bolinho de Arroz de Bacalhau da Vó Kelé (Calçada Alta) e o Kibe de Peixe (Flutuante Peixe Boi).

Participante desde a segunda edição do “Comida di Buteco”, o bar Calçada Alta, situado à rua Costa Azevedo, Centro, tem desenvolvido novos petiscos e estimulando cada vez mais a criação de comidas que agradam o paladar do público.

Como critério de avaliação, os integrantes do concurso são examinados pelo tira-gosto, atendimento, higiene e temperatura da bebida (desde a água até os drinks e cervejas ofertados no local). A avaliação parte do próprio público que frequenta os botecos, mas também de jurados do meio gastronômico, especializado e da imprensa. O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%.

O vencedor local concorre a uma etapa no evento nacional, disputando assim ao título de melhor “buteco” do Brasil. O evento busca apresentar os botecos participantes que são administrados pelos próprios donos sem parceria com redes ou franquias.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com