Cidades

Concessionária de água tem 48 horas para responder sobre rompimento de adutora, na Compensa

Foto: Divulgação / Ageman

A Prefeitura de Manaus, via Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), encaminhou, na manhã desta segunda-feira, (31), a primeira das duas notificações à empresa Águas de Manaus, para obter todas as informações referentes às causas do rompimento da adutora de 800 milímetros ocorrido na madrugada de domingo, (30), na rua das Flores, bairro Compensa, zona Oeste. A empresa tem até a próxima quarta-feira, 2/6, para informar as providências tomadas em relação ao sinistro.

Na notificação, a Ageman solicita a quantidade de usuários prejudicados, os danos materiais causados aos moradores da rua das Flores e adjacências, as providências a curto, médio e longo prazos, bem como as medidas operacionais tomadas pela concessionária, para restabelecer o abastecimento de água tratada na capital amazonense, após o episódio que deixou os usuários das zona Norte e Oeste sem água no domingo.

Na manhã desta segunda-feira, 31, os engenheiros da Ageman retornaram ao local do sinistro e vistoriaram a conclusão da manutenção emergencial realizada pela empresa Águas de Manaus, bem como o aterramento, a pavimentação da via, a recomposição dos meios-fios e das calçadas, além de conferir o cadastramento dos moradores que serão ressarcidos pelos danos materiais causados com o rompimento da tubulação.

“Estamos acompanhando todos os processos, desde o ressarcimento aos usuários à reconstrução de toda a rua, assim como a perícia que a seguradora está realizando no local. A empresa se encontra com suas apólices referentes a seguros e garantias em dia e nós, da Prefeitura de Manaus, estamos requisitando várias informações que irão subsidiar o nosso relatório técnico, quanto a situação estrutural dessa adutora, porque é uma situação preocupante, visto que essa é a terceira vez que rompe”, afirmou o diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho.

A Ageman também continua monitorando o serviço de abastecimento de água tratada nas demais áreas da cidade, visto que para realizar a manutenção emergencial na adutora afetada, foi necessário desligar o Sistema de Abastecimento e de Tratamento de Água da Ponta do Ismael, o principal da capital, o que gerou a descontinuidade do serviço em vários bairros e comunidades.

Reclamações devem ser registradas na Ouvidoria da Ageman, pelo 0800-092-3511, pelo WhatsApp 98842-5821 ou ainda pelas redes sociais da Ageman, também pelo site www.ageman.am.gov.br/ouvidoria e o e-mail [email protected] .

As informações são da assessoria