Conheça a prática do Peegasm e entenda os riscos de segurar o xixi até gozar

Foto: Reprodução

Uma mania feminina aparentemente inofensiva tem ganhado muitas adeptas: reter o xixi o maior período de tempo possível para, ao enfim urinar, sentir um prazer semelhante ao do orgasmo. Esse modismo, porém, oferece riscos à saúde que vão desde infecções urinárias de repetição até uma musculatura pélvica deficiente que pode afetar a sexualidade.

Inconscientemente o corpo naturalmente pratica o “peegasm” (algo como “orgasmo do xixi”, em inglês), quando, por necessidade (leia-se sem banheiros por perto) a mulher adia a urina o máximo possível. Quando finalmente chega o momento, é possível que uma onda de prazer tome conta do corpo.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta