Economia

Conselheiro do TCE participa de debate na Fieam

Conselheiro Érico Desterro
Redação...
Postado por Redação...
Ao lado da ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon, o conselheiro-ouvidor do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Érico Desterro, será um dos palestrantes do seminário “Ética & Compliance para uma Gestão Eficaz”, que reunirá, na tarde desta quarta-feira (11), mais de 150 pessoas, entre empresários, dirigentes da construção civil, advogados e integrantes do Judiciário local.
Promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e pelo Sesi Nacional, o evento acontecerá no auditório da sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam). A realização local do evento é do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM).
Além do conselheiro do TCE, participarão do debate o cientista político Leonardo Barreto e o gerente de compliance da Alubar, André Cruz. A ministra Eliana Calmon fará parte do painel que discutirá Ética & Compliance na Construção.
O evento tem como objetivo discutir formas de evitar a corrupção dentro do ambiente de negócios, fortalecendo mecanismos de controle interno, com foco na área da construção civil. O termo “compliance”, no âmbito corporativo, é o conjunto de diretrizes e políticas para fazer cumprir as normas legais e evitar quaisquer desvios que possam ocorrer.
“Vamos levar ao nosso público alguns cuidados necessários no ambiente de negócios e disseminar pontos que achamos importantes para que se fechem janelas de oportunidade de corrupção”, afirma o presidente da CBIC, José Carlos Martins. “Esse debate e conscientização são cada vez mais importantes no Brasil”, acrescenta.
Em parceria com o Sesi Nacional, a CBIC apresentará material inédito durante o seminário, incluindo um guia sobre ética, um manual de compliance, um código de conduta para a área de construção civil, entre outros.
A entrada no seminário é gratuita, e os interessados em participar devem ligar para 3622-6525 ou enviar e-mail para [email protected]br.

Comentários

comentários

Deixe um comentário