Coronavírus na embalagem: entenda cuidados necessários na volta do mercado

Foto: Divulgação/ISTOCK

notícia divulgada nessa segunda-feira (19) de que amostras de coronavírus foram encontradas em pacotes de bacalhau congelado num porto da China trouxe de volta aquela pergunta: precisamos ou não fazer a desinfecção completa das embalagens depois de cada ida ao supermercado?

O pior é que, até o momento, não existe consenso sobre o assunto. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há evidências que comprovem a transmissão do coronavírus por alimentos ou embalagens. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA) do país já fizeram manifestações nessa mesma linha.

No entanto, desde o início da pandemia, cientistas já comprovaram a viabilidade do coronavírus em superfícies como plástico, madeira e alumínio por horas ou, até mesmo, dias. Ou seja, apesar de não estar documentada, a transmissão por embalagens não está descartada.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta