Justiça

CPI da Covid: STF vota se governadores podem ser convocados

Foto: Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou a votação para decidir se os governadores poderão ou não ser convocados para prestar depoimento no âmbito da CPI da Covid-19. Na segunda-feira (21), a ministra Rosa Weber atendeu liminar dos gestores e suspendeu as convocações.

No dia 28 de maio, governadores de 18 unidades da Federação entraram com uma ação na Suprema Corte contra a convocação para depor na CPI da Covid, no Senado. Eles apontaram que a medida violava o pacto federativo.

“A ADPF busca impedir que o Poder Legislativo federal convoque chefes do Poder Executivo estaduais para depor em CPIs, haja vista que tal medida viola inegavelmente o pacto federativo e o princípio da separação dos poderes. Assim, a pertinência temática revela-se evidente, já que a convocação de Governadores pelo legislativo federal repercute na esfera de interesses dos Estados-Membros, na medida em que vulnera a autonomia dos entes federados”, dizia o documento.

A votação dos ministros será inteiramente eletrônica, por meio de plenário virtual, e deve ser finalizada até às 23h59 desta sexta-feira (25).

A CPI da Covid-19, instaurada pelo Senado Federal, tem como principal objetivo investigar as ações do governo federal no combate ao novo Coronavírus.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta