Mundo

Criador do jogo online “Baleia Azul” aguarda julgamento

Detido a 15 de novembro de 2016, recai sobre Budeykin a suspeita de ser um dos mentores deste fenômeno e de ter arrastado 15 jovens e crianças para o suicídio.
Redação
Postado por Redação

Até agora, Filipp Budeykin, um jovem russo de 21 anos, é o rosto visível da figura do curador ou mentor no jogo “Baleia Azul” – a quem os jogadores têm de prestar provas da concretização do longo rol de 50 desafios. Detido a 15 de novembro de 2016, recai sobre Budeykin a suspeita de ser um dos mentores deste fenômeno e de ter arrastado 15 jovens e crianças para o suicídio. Segundo o jornal russo “Pravda”, na primeira das duas reportagens que já dedicou ao caso, após a detenção, Filipp Lis Budeykin foi internado num hospital psiquiátrico de São Petersburgo, já que padece de doença bipolar, e ali ficou a aguardar julgamento.

O “Pravda” – na sua versão em russo, já que nas versões portuguesa e inglesa não estão disponíveis tais textos – refere que a Polícia descobriu que o jovem era o mentor de um dos “grupos da morte” do jogo na rede social “VKontakte” – uma espécie de Facebook russo.

E, ao contrário do que se pensava – de que o “Baleia Azul” teria surgido em meados de 2015 -, Budeykin aliciaria jovens e adolescentes para tais grupos desde 2013.

Na segunda reportagem, datada de 3 de março de 2017, sobre este mentor do jogo que está a vitimar vários jovens um pouco por todo o mundo, o jornal russo já dá conta que Budeykin continua a aguardar julgamento e que afinal não será inimputável, apesar dos alegados transtornos psicológicos que tem.

Alegadamente, estamos perante um jovem cuja a infância terá sido marcada por vários abusos e muito sofrimento.

Fonte: Jornal de Notícias

Comentários

comentários


Deixe um comentário