Criança de 8 anos denuncia pai via WhatsApp por abuso sexual

whatsapp
O partido fez a solicitação com a justificativa de que a disseminação sem controle de notícias falsas pelo aplicativo estaria prejudicando a lisura do pleito- foto: Reuters

Uma criança de 8 anos denunciou por abuso sexual o próprio pai, de 38 anos, na noite dessa segunda-feira (30) em Bom Conselho, no Agreste de Pernambuco. A denuncia foi feita à Polícia Militar (PM) através de áudios no aplicativo WhatsApp por volta das 20h30 dessa terça-feira (1º).

Segundo a PM, a criança entrou em contato com a 3ª Companhia do 9º Batalhão por meio de um número divulgado pela própria polícia de Bom Conselho. Não se sabe de quem era o celular que a vítima usou para acionar os militares.

Quando os agentes chegaram na residência, a criança relatou que, na noite do abuso, o pai disse à esposa que iria dormir com a filha e ordenou que a mãe fosse dormir em outro cômodo. No momento em que os dois estavam no quarto, o homem colocou a vítima no colo e ficou acariciando as partes íntimas dela. Além disso, disse que se a criança contasse a alguém, iria levar uma surra. O pai também tapou a boca dela para que a mãe não ouvisse nada.

Mudança de comportamento

Quando interrogada, a mãe falou que estava vendo um comportamento diferente no marido assim que a filha completou oito anos de idade, que botava mais vezes a criança no colo e acariciava, mas não teve maiores suspeitas sobre o que ele poderia estar planejando.

O homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e foi encaminhado para a cadeia de Saloá, também no Agreste. Ele irá passar por audiência de custódia nesta quinta-feira (3).

A vítima vai passar por exames sexológicos e terá acompanhamento psicológico.

Fonte: MCeará