Defensoria lança série de vídeos para promover educação em direitos

Foto: Divulgação/DPE-AM

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) lançou, nesta semana, uma série de vídeos para promover educação em direitos e esclarecer as principais dúvidas da população sobre os temas mais procurados para atendimento na instituição. Os primeiros vídeos da série intitulada “Defensoria Responde” já estão disponíveis em uma playlist no canal da Defensoria no YouTube e também serão publicados semanalmente no perfil da DPE-AM, na rede social Instagram (@defensoria.am).

Os episódios iniciais abordam assuntos da área de Família, que concentra 46% dos atendimentos da instituição. Neles, defensoras e defensores respondem dúvidas que vão desde o que são “alimentos”, até o que está incluído na pensão alimentícia e o valor dela, quando ocorre o cancelamento da obrigação alimentar, entre outras. Também explicam o que é guarda compartilhada, se é preciso pagar pensão alimentícia em caso de compartilhamento de guarda, o que é guarda unilateral, além de esclarecer se é preciso esperar para se divorciar, bem como quando é possível casar de novo.

Os conteúdos audiovisuais estão sendo produzidos pelas próprias defensoras e defensores, com apoio da Diretoria de Comunicação da DPE-AM. A série será renovada periodicamente com conteúdo abrangendo assuntos diversos. Ao acessar a página, o usuário pode explorar grupos de vídeos e assistir ao que procura escolhendo o conteúdo por meio de perguntas apresentadas nos títulos.

De acordo com o defensor público geral, Ricardo Paiva, embora a abordagem inicial seja na área de Família, a ideia da série é abordar todos os temas atendidos pela instituição, tais como Saúde, Direitos Humanos, Infância e Juventude, Idoso, Criminal, entre outros.

“A legislação define que a Defensoria tem a missão de educar em direitos. Ou seja, esclarecer os direitos da população e suas principais dúvidas, e a série de vídeos que iniciamos alcança esse objetivo, associada a outras iniciativas que já realizamos, como palestras, rodas de conversas e cursos. É por meio da educação que reconhecemos e compreendemos direitos e deveres e podemos dar efetividade ao acesso à justiça. Iniciamos esse projeto com a área de Família, um conteúdo amplo, e logo teremos temas de outras áreas para esclarecer dúvidas da população”, disse o defensor geral.

Para a coordenadora da Comissão Temática de Família, defensora Carol Carvalho, os vídeos são uma oportunidade de aproximar a população da instituição e fortalecer a educação em direitos. Ela explica que os vídeos também serão enviados aos assistidos após o atendimento.

“A Defensoria deve estar sempre atenta às novas tecnologias, como uma maneira de estar próxima dos seus assistidos. Os vídeos abordarão diversos temas relevantes em várias áreas do direito que geram dúvidas na população. Vai, de forma simples e dinâmica, trazer esclarecimentos para todos os interessados”, explicou a defensora.

Inovação

Além da série de vídeos para promover educação em direitos, a DPE-AM lançou no último mês a primeira edição da revista eletrônica “Defender”, publicação que reúne todas as ações realizadas pela instituição no primeiro semestre de 2020.

A revista destaca o trabalho incansável e diuturno de defensoras e defensores públicos para readequar e manter o atendimento, em meio à crise de Covid-19, a fim de preservar direitos da população amazonense, na capital e no interior do estado.

A publicação é semestral e pode ser acessada no site da instituição.