Política

Defesa de Lula pede que STF declare Moro suspeito em processo sobre Atibaia e instituto

Foto: Reprodução

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entrou com pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a declaração de parcialidade do ex-juiz Sergio Moro no processo do tríplex de Guarujá seja estendida para as ações relativas ao sítio de Atibaia e aos imóveis do Instituto Lula.

Os advogados argumentam que há “identidade de situações jurídicas” entre os processos e pedem a anulação de todas as provas e decisões tomadas nos dois casos.

“Torna-se imperiosa a extensão da ordem de habeas corpus às demais acusações lançadas contra o paciente [Lula] que estiveram sob a condução enviesada de Sergio Fernando Moro, decretando-se, por conseguinte, a nulidade de todos os atos pré-processuais e processuais perpetrados em tais feitos”, pedem os advogados.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta.