Delegacia Especializada em Crimes Contra o Idoso promove campanha de vacinação contra H1N1

foto: Erlon Rodrigues/Secom

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI), em parceria com a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Secretaria Municipal de Saúde (Semsa Manaus), promoveu nesta segunda-feira (15), das 8h ao meio-dia, uma campanha de vacinação contra o vírus da gripe H1N1, o Influenza A, voltada ao público idoso, em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, comemorado no dia 15 de junho.

Conforme a delegada Andréa Nascimento, titular da DECCI, a ação social foi realizada, principalmente, por meio de “drive-thru”, e aconteceu em frente ao prédio da especializada, situada na rua 23, bairro Parque Dez de Novembro, zona centro-sul de Manaus. Na ocasião, foram oferecidos frascos de álcool em gel e máscaras de tecidos aos idosos.

“Como parte da programação em torno desta data comemorativa, firmamos parceria com a Sejusc e a Semsa para realizarmos a vacinação aos idosos. A proposta, no primeiro momento, era atender somente por meio do sistema de “drive-thru”, mas, devido à procura convencional de nosso público-alvo, prestamos atendimento responsável a todos. A ação é mais uma medida que visa proteger a saúde do público idoso, em meio a esse momento difícil em que passamos pela pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19)”, destacou a delegada.

Para a dona Alaíde Cari, de 68 anos, que utilizou o serviço de vacinação oferecido na campanha, a iniciativa foi uma ótima oportunidade para os idosos que, assim como ela, ainda não haviam se imunizado contra Influenza/H1N1. “O atendimento foi ótimo, além do mais a forma rápida e prática de como foi realizada a vacinação evita aglomerações e desafoga as unidades de saúde da cidade”, afirmou a idosa.

Data comemorativa

No dia 15 de junho é comemorado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (Inpes), tendo como principal objetivo criar uma consciência mundial, social e política da existência da violência contra os idosos.

Com informações da assessoria