‘Desde o primeiro dia, ele está perdoado’, diz motoboy humilhado em Valinhos

Foto: Reprodução

Nos últimos dias, um vídeo publicado nas redes sociais gerou grande repercussão ente os internautas. O motoboy Matheus Pires sofreu ataques racistas no dia 31 de julho. As imagens retratam as ofensas contra o entregador de aplicativo por um morador de um condomínio de classe alta em Valinhos (SP).

Em entrevista para a Rádio Bandeirantes, Matheus Pires disse que já tomou todas as providências judiciais cabíveis no caso, prestando depoimento formal na delegacia e abrindo processo, com auxílio de um advogado. Além disso, ressaltou que já perdoou o agressor e está disponível para conversar.

“Desde o primeiro dia, ele está perdoado. Meu objetivo ao tornar essa história pública nunca foi criar essa repercussão toda. Só espero que ele reflita. Se ele tiver algum problema psicológico, como estão dizendo, espero que possa melhorar, que receba ajuda. E estou à disposição se ele quiser falar comigo”, disse.

Matheus ressalta ainda já ter vivenciado o mesmo episódio em outras situações.

“Não é a primeira vez que esse tipo de coisa acontece. Também não sou o único. Todos passamos por isso diariamente. Tomara que seja uma oportunidade para quem pensa assim poder mudar um pouco. As pessoas precisam entender que os entregadores são importantes, principalmente na pandemia”, concluiu.

Confira a entrevista: 

Portal Manaus Alerta