Cidades

Diário Digital da Prodam será implantado em toda a rede municipal de ensino

Foto: Divulgação/Prodam

Ferramenta desenvolvida pela empresa Processamento de Dados do Amazonas (Prodam), do Governo do Estado, o Diário Digital será implantado pela Prefeitura de Manaus em toda a rede municipal de ensino. A expectativa é que os professores iniciem os lançamentos na solução digital a partir do segundo bimestre, com data prevista para começar em 3 de maio de 2021.

Para o titular da Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed), Pauderney Avelino, o Diário Digital vai dar celeridade no monitoramento da frequência dos alunos e, consequentemente, vai inserir a Semed na era digital. Além da frequência, os professores vão poder incluir conteúdos ministrados em sala, as avaliações realizadas com seus alunos e gerar relatórios.

“O Diário Digital é um avanço na Semed e será implantado em todas as nossas unidades, atendendo todos os nossos alunos. Isso vai trazer modernidade, eficiência, extinguindo a pagela de papel, além de fazer com que o sistema Semed seja mais ágil e eficiente, ajudando o professor a ter um instrumento, uma plataforma para trabalhar suas informações, as matérias que estão sendo lecionadas, bem como os indicadores da sua sala de aula e da escola que trabalha. Enfim, é a Semed entrando na era digital”, ressaltou.

O diretor do Departamento de Gestão Educacional (Dege), da Semed, Evaldo Bezerra Pereira, afirmou que, a partir do segundo bimestre, mais de 70 mil alunos da rede municipal de ensino serão inseridos no Diário Digital, e até o final do terceiro bimestre serão incluídos os outros 180 mil alunos, totalizando os 250 mil estudantes da rede de educação da prefeitura.

“A partir do terceiro bimestre, o Diário Digital vai alcançar todos alunos da rede, atendendo todos os nossos níveis, ou seja, Educação Infantil e Ensino Fundamental 1 e 2”, informou.

Evoluções no sistema 

De acordo com a analista de sistemas da Supervisão de Educação da Prodam, Polyana Wenze Sousa da Silva, hoje o Diário Digital da Semed está formatado para atender o Ensino Fundamental 2 (6° ano 9° ano), e o Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

“Para atender a nova demanda [da Semed], a aplicação precisará de manutenções evolutivas para contemplar as particularidades dos ensinos. Por exemplo, o projeto Itinerante (Fundamental 6º ao 9º – zona rural) será o próximo ensino a ser implantado, e a aplicação precisa de umas manutenções, no sentido de contemplar a realidade da área rural”, explicou.

Para o chefe da Divisão de Produtos e Marketing da Prodam, Renato Borges, a implantação do Diário Digital em todas as unidades da Semed é a prova de que a tecnologia da Prodam está sendo reconhecida como essencial para a educação do município.

“A Prodam está de fato contribuindo, com um produto de qualidade, para o salto tecnológico da educação em Manaus. Isso é motivo de muito orgulho para nós que trabalhamos na Empresa”, disse.

Com informações da assessoria