Dois homens são executados na noite desta quarta-feira em zonas diferentes com as mesmas características

Dois homens são executados na noite desta quarta-feira em zonas diferentes com as mesma características
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Marcos Helbert Pequeno da Silva, de 19 anos, foi executado com dez disparos de arma de fogo, quando caminhava pela avenida Fernando Pessoa esquina com Avenida Penetração próximo a feira do japiim, quando um veículo de cor e placas não identificadas, parou próximo da vítima e disparou diversas vezes contra o homem que caiu em vida pública já sem vida.

Policiais Militares da 3ª Companhia Interativa comunitária (Cicom) que atenderam a ocorrência informaram que a vítima já tinha passagem pela polícia quando foi de menor, mais continuava no mundo do crime.

O peritos criminais do Instituto Médico Legal (IML) encontraram durante a perícia feita no local do crime no cadáver nos bolsos do homem diversas trouxinhas de entorpecentes o que caracterizava que o mesmo era aviãozinho da área. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), através do Delegado Plantonista Dr. Fábio Silva vai continuar as investigações para tentar elucidar mais um crime de homicídio na capital.

O outro caso aconteceu no bairro Cidade Nova, Loteamento Riacho Doce, na rua 30 de abril. Anderson Vasconcelos Santos de 28 anos foi executado com diversos disparos de arma de fogo em via pública.

De acordo com os policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (cicom) que atenderam a ocorrência o homem transitava em via pública quando uma veículo de características não identificados se aproximou dele e disparou diversas vezes contra a vítima que caiu de bruços na via pública indo a óbito no local.

O Serviço de atendimento móvel de urgência e emergência ( Samu) foi acionado somente para constatar o óbito.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) através do delegado Fábio Silva, estiveram no local para iniciar as investigações a respeito do crime. “Tudo leva a crer pelas características iguais que esses criminosos estão executando em diversas áreas da cidade” comentam os investigadores da DEHS.

Os crimes irão continuar sendo investigados pela especializada até que sejam elucidados e concluídos.

Por Mairkon Castro 


Deixe um comentário