Dono do Kikão do Mini Cheff morre após reagir a assalto, na Zona Norte de Manaus

Pastor e dono de 5 bancas de kikão, Diogo era bastante conhecido e querido por todos.

O proprietário do Kikão do Mini Cheff, identificado como Diogo Gonzaga da Silva, de 34 anos, morreu na noite de hoje (1º), após ser baleado ontem (31), em sua residência, localizada na rua 33 do conjunto Manôa, Zona Norte, após reagir a um assalto.

Veja também: Roubo foi planejado e familiares de empresário passaram por momentos de humilhação e terror

Segundo informações de populares, um funcionário foi até a residência do Diogo, por volta de 1h de ontem, para entregar a renda de um dos pontos do kikão, quando foram surpreendidos por dois criminoso até o momento não identificados.

Na ocasião, pai, filho e esposa do empresário estavam na residência. A mulher de Diogo foi rendida por um dos criminosos, e foi no momento em que a vítima lutou contra o bandido, e então ele foi baleado.

A vítima foi socorrida e encaminhada para o SPA da Galiléia, e teve que ser transferido para o HPS Platão Araújo, onde foi submetido a um procedimento cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos.

Diogo era muito conhecido no Manôa e também em outros pontos da Zona Norte de Manaus.

Nas redes sociais, diversos amigos e moradores do conjunto lamentaram a perda do pai de família.

O velório vai acontecer na residência da mãe dele, até o momento sem horário definido.