Doze municípios retornam com aulas presenciais segunda-feira (23)

Foto: Tácio Melo/Secom

Cinquenta mil alunos da rede estadual retornam, a partir de segunda-feira (23), às aulas presenciais, em 12 municípios da Região Metropolitana de Manaus (RMM). Assim como aconteceu na capital, no último mês de agosto, a retomada no interior acontecerá com atividades remotas e presenciais e respeitando uma série de protocolos de segurança em saúde, estipulados em conjunto pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto e pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Retornam às aulas presenciais, na segunda-feira, 73 escolas dos seguintes municípios: Itacoatiara, Manacapuru, Novo Airão, Iranduba, Rio Preto da Eva, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Autazes, Presidente Figueiredo, Silves, Itapiranga e Manaquiri. O retorno é válido para estudantes dos ensinos Fundamental e Médio.

Todas as unidades da rede estadual dessas cidades foram devidamente adequadas para a retomada das atividades, com a instalação de pias e dispositivos de álcool gel/sabão e a sinalização, em todos os ambientes das escolas, dos principais protocolos de segurança em saúde, destacando as medidas de distanciamento social, higienização correta das mãos e uso obrigatório de máscaras de pano.

Nas salas de aula também foram feitas adequações: as carteiras foram reorganizadas respeitando o distanciamento seguro e a nova quantidade de alunos por turma (de 50%). E, nos refeitórios, sinalizações indicam onde sentar e não sentar.

Assim como aconteceu em Manaus, as turmas do interior foram divididas em blocos (A e B), que se revezarão entre as atividades presenciais e as remotas. Às sextas-feiras, não haverá aula nas unidades, sendo esse dia reservado para o Horário de Trabalho Pedagógico (HTP) dos professores. A decisão, no entanto, não implica que os estudantes não terão atividades pedagógicas para realizar em casa.

As equipes escolares do interior já informaram aos alunos os blocos aos quais eles pertencem. Caso o estudante ou o pai/responsável não saiba, ainda, ele pode entrar em contato com a gestão da escola. É importante que todos se mantenham atentos aos meios de comunicação (telefone, aplicativos de mensagem instantânea etc.) para que recebam as devidas orientações a respeito do retorno das aulas.

Proteção

As máscaras de pano, juntamente com o álcool gel, são os itens mais eficazes no combate ao novo coronavírus (Covid-19). Por isso, no primeiro dia de aula, a Secretaria de Educação distribuirá duas máscaras para cada estudante. O item deverá ser trocado na metade do dia e levado para casa, para ser lavado corretamente com água e sabão.

Embora a distribuição das máscaras aconteça logo no primeiro dia de atividades, é fundamental que o aluno vá à escola usando uma, cobrindo toda a boca e o nariz.

Temperatura

Outra mudança importante adotada pela Secretaria de Educação é o aferimento da temperatura corporal de toda a equipe escolar. Ao chegarem na unidade de ensino, os alunos terão a sua temperatura aferida.

Aqueles que registrarem acima de 37,5º C deverão aguardar, repetir a medição e, caso ainda siga alta, serão encaminhados por um funcionário para aplicação do protocolo de segurança, que consiste em isolar o estudante dos demais e acionar os pais e ou responsáveis.

Com informações da assessoria