Durante operação Hórus, 500 quilos de pescado ilegal são apreendidos

Foto: Divulgação

Em mais uma ação da operação Hórus, o Comando de Policiamento Ambiental (CPAMB), por meio do Batalhão de Policiamento Ambiental, e a Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) apreenderam 500 quilos de pescado ilegal. O fato ocorreu na madrugada desta quinta-feira (27), no trecho do rio Negro conhecido como Furo do Paracuúba.

O pescado foi apreendido durante ação de fiscalização, em uma embarcação tipo recreio. Nela, os policiais identificaram aproximadamente 500 quilos de pescado, entre os quais, uma grande quantidade de pirarucu. Pelo fato de se estar no período do defeso da espécie, a sua comercialização é proibida. Por este motivo, toda a carga foi apreendida, uma vez que as outras espécies de pescado estavam sendo usadas para camuflar o pirarucu.

O responsável pela carga foi questionado sobre a procedência e sobre a guia de comercialização, porém nenhuma documentação foi apresentada. Diante dos fatos, foi caracterizado crime ambiental. O responsável pela carga foi detido e conduzido ao 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos legais cabíveis. Além dos peixes, a embarcação também foi apreendida.

O CPAMB e o Batalhão Ambiental orientam que pescar, transportar e comercializar peixes do ambiente natural, que se encontram em período de defeso, configura crime ambiental, sujeitando seu(s) autor(es) às penalidades previstas em Lei.

As informações são da assessoria