‘Ela só queria que ele registrasse a criança’, diz mãe de grávida morta pelo ex, em Manaus

Miryan foi encontrada morta em um igarapé de Manaus- foto: Manaus Alerta e divulgação

Na tarde desta sexta-feira (17), sob forte chuva, foi sepultado o corpo da jovem Myriam Moraes Cruz, de 21 anos, que foi assassinada durante a gravidez, na última quinta-feira (16), em Manaus. A mãe pediu que as autoridades não esqueçam o caso e que o suspeito seja preso o quanto antes. O enterro aconteceu no cemitério Parque Tarumã, na Zona Oeste da Capital.

A mãe da vítima, Francimar Moraes, conversou com o Manaus Alerta e lamentou que a filha tenha ido tão cedo. “A minha filha era bastante independente, estava trabalhando para comprar as coisas dela e já esse ano ia comprar um apartamento, realizar um sonho, e esperar o nascimento do filho. Ela não precisava desse sujeito para se manter, queria apenas que ele registrasse o filho, porque é direito de todos. A gente não entende por que uma brutalidade dessa”, explicou a mãe.

A família permitiu que a equipe do Manaus Alerta acompanhasse o sepultamento, no objetivo de pedir que a Lei seja cumprido, e o culpado seja colocado na cadeia, como disse o irmão de Myriam, Elione Moraes.

“Um sujeito que não se apresenta para a família, vive se escondendo não é uma boa pessoa. Mesmo assim, a gente não entende o por que desse crime, se minha irmã não ia cobrar nada dele. Tinha a total independência dela para tudo, e ele faz uma coisa dessa. A gente quer ele preso, que pague por essa covardia”, complementou o familiar.

O principal suspeito de matar Myriam está foragido, e o caso segue sendo investigado pela DEHS. A família acredita na hipótese concreta de feminicídio.

Por Joandres Xavier- Portal Manaus Alerta

M.A. | Corpo de Myriam é sepultado em meio a comoção no cemitério Parque Tarumã

Posted by Portal Manaus Alerta on Friday, January 17, 2020