Eleições 2020: pesquisas apontam a saúde como a área que deve merecer maior atenção dos candidatos

Foto: Divulgação

A saúde aparece, nessa eleição, como a área que deve merecer maior atenção dos candidatos, nas capitais brasileiras. Na última pesquisa do Ibope sobre os temas que mais preocupam nas capitais, saúde também lidera em Manaus, com 46% dos entrevistados destacando a preocupação com o tema.

A gestão da saúde pública foi colocada em xeque com a Covid-19 e o colapso do sistema, em Manaus, logo no início do pico da pandemia, entre os meses de abril e maio. Agora, preocupa novamente, pelo aumento de casos, já tendo atingido 53.371 pessoas, com o registro de 2.649 óbitos na capital amazonense Candidato a prefeito pela Coligação Juntos Podemos Mais, Amazonino Mendes manifesta preocupação com a crise no setor e diz que, caso eleito, está preparado para enfrentar o problema.

Em administrações passadas, Amazonino criou os principais e maiores hospitais de Manaus, como o Francisca Mendes e o Dr João Lúcio, os prontos-socorros da Criança, as maternidades Galileia e Nazira Daou e as oito policlínicas. Criou também os Centros de Atenção Integral à Melhor Idade (CAIMIs) e às Crianças (CAICs), as Casonas de Saúde e as Carretas da Mulher, dentre outras realizações.

“Lamentavelmente, a doença (Covid-19) recrudesceu e está assombrando de novo. Eu peço em orações que não haja uma segunda onda. O que aconteceu em Manaus abalou muitas famílias e muita gente ainda sofre as consequências daqueles dias assombrosos”, declarou Amazonino. Ele ressalta que, além do apoio às famílias abaladas pelas consequências econômicas em razão da pandemia, será necessário reestruturar toda a rede de atenção básica da cidade e redobrar os cuidados na prevenção.

“Não há nada mais importante do que a vida. A população precisa redobrar os cuidados, agir de forma preventiva. Ainda não há uma vacina, só previsões”, disse ele, reforçando que é preciso ampliar a rede de atenção básica, para que esteja preparada para enfrentar problemas que venham a ocorrer futuramente, como esse da pandemia. “Vamos ampliar e reestruturar a rede, com equipamentos e reforço de pessoal”, afirmou. E, principalmente, segundo ele, garantir atendimento humanizado, acolhimento às pessoas. “Isso, acima de tudo”, reforçou.

Plano de Governo

No Plano de Governo do candidato, na área da saúde, também está prevista a oferta de novos laboratórios para exames, em áreas estratégicas da cidade. Na sua última administração como prefeito, Amazonino entregou quatro laboratórios, em cada uma das zonas da cidade, com capacidade para realização de 1,2 milhão de exames ao mês.

Amazonino também vai reativar e ampliar os serviços itinerantes de saúde criados por ele, como as Carretas da Saúde, da Mulher e de Odontologia, além das Unidades Básicas de Saúde Fluviais. Vai ampliar o Programa Leite do Meu Filho, também criado em sua administração, realizando novo levantamento para identificar a demanda pelo benefício.

O candidato também pretende implantar o Programa Consultório de Rua, com atendimento multiprofissional e resgate às pessoas em situação de rua. Vai implantar novos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), com atendimento voltado à dependência de álcool e drogas; e criar o sistema de prontuário eletrônico, nas Unidades Básicas de Saúde. O Centro de Zoonoses irá funcionar como Hospital Municipal Veterinário.

Amazonino concorre à Prefeitura tendo como candidato a vice o presidente estadual do PODEMOS, deputado Wilker Barreto. A chapa faz parte da Coligação Juntos Podemos Mais, formada também pelo MDB, PSL e Cidadania.

As informações são da assessoria