Polícia

Em 2017, PMAM fez 190 prisões em flagrante durante fiscalizações em ônibus de Manaus

(Foto: Bruno Zanardo/Secom)
Redação...
Postado por Redação...

Em 2017, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) efetuou 190 prisões em flagrante durante as operações ‘Catraca’ e ‘Rota Segura’, dedicadas exclusivamente a fiscalização dos ônibus de transporte coletivo e também aos que fazem transporte para o Polo Industrial de Manaus (PIM). No mesmo período, 235.134 mil pessoas foram abordadas durante essas ações, além de 30 armas de fogo e 11 armas brancas apreendidas nas mais de 150 operações policiais dedicadas aos ônibus.

Entre janeiro e dezembro do ano passado, 14.676 veículos foram fiscalizados por barreiras fixas e móveis, além de 1455 presas por roubos aos ônibus. Os dados refletem a estratégia do sistema integrado de segurança que também tem como foco o policiamento ostensivo realizado em demandas específicas.

Determinadas pelo vice-governador e Secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, as operações passaram a atuar com barreiras fixas e monitoramento dos veículos com abordagens surpresa, com blitze móveis que ocorrem em todas as zonas da capital. “O reforço no patrulhamento ostensivo tem como objetivo reduzir o número de casos e levar maior tranquilidade para a população que utiliza o transporte coletivo em Manaus. Essas ações continuarão sendo intensificadas”, reforçou Saraiva.

O trabalho da Operação Catraca envolve as Companhias Interativas Comunitárias de cada bairro e o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), que atualmente está 90% dedicado ao assunto, ciclopatrulhando os ônibus e fazendo abordagens preventivas. A nova medida tornou a Operação Catraca mais dinâmica, segundo o Comandante-Geral da PM. O efetivo policial monitora os veículos dentro do mapa criminal de assaltos identificado pela Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai).

Comentários

comentários


Deixe um comentário