Em 2019, casos de roubo e furto de veículos alcançam menor patamar em quatro anos

FOTOS: Divulgação/SSP-AM

Em Manaus, os casos de roubo e furto de veículos caíram em 2019 e chegaram ao menor patamar dos últimos quatro anos. Conforme dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), os roubos registraram redução de 20,8%, e os furtos, de 12,6%, na comparação com o ano de 2018.

Ao todo, foram registrados 2.438 roubos e 1.972 furtos de veículos na capital. É o menor número de casos para o crime desde 2015. Com operações intensificadas na capital, as polícias recuperaram 2.499 veículos. Só a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV) prendeu 200 criminosos envolvidos nos crimes de roubo, furto e receptação de veículos.

Essa redução é reflexo das novas estratégias para contenção de ocorrências nessa modalidade, determinadas pelo secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates. Segundo o delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), da Polícia Civil, as ações foram dividas em três frentes para reduzir estes tipos de crime.

“Um pilar é voltado para a repressão ao caso de desmanches de veículos. Outro pilar foi o de investigação de organizações criminosas com pessoas que se mantêm, inclusive, em sistemas penitenciários. E também existe uma área de repressão que diz respeito àqueles envolvidos no sistema de clonagem de veículos”, afirmou Túlio.

Na Polícia Militar, algumas das ações se deram por meio das tropas especializadas. Segundo o subcomandante da Rocam, capitão Kaio Rodrigo, operações e rondas de policiamento ostensivo foram intensificadas em zonas com registros acentuados de tráfico de drogas, e naquelas com maior registro dos crimes de roubo e furto.

“A PM desenvolveu diversas operações na cidade de Manaus, entre elas, nas zonas sul e norte, onde estavam ocorrendo inúmeros confrontos entre facções criminosas. Nós passamos a manter o policiamento especializado por mais tempo e em horários alternativos”, disse.

Produtividade

A DERFV concluiu 154 inquéritos e registrou 75 termos circunstanciados de ocorrência (TCO), em 2019. Ao longo do ano, várias operações foram realizadas pela Polícia Civil. Cinco foram as de maior impacto, na avaliação do delegado Cícero Túlio.

“A operação Quimera, por meio da qual conseguimos recuperar mais de 90 veículos. A operação Pedestal, voltada ao combate a oficinas clandestinas de desmanche. A operação Cruzada Norte, na qual conseguimos efetuar a prisão de 27 pessoas. A operação Defensa, com diversas fiscalizações nos Portos de Manaus, e a operação Conexão Santarém, em que foram recuperados veículos que seriam remetidos por uma organização criminosa para o Pará”, enumera o delegado.

*Com informações da assessoria