FOTO: Divulgação/PC-AM

A equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, sob a coordenação da delegada-geral Emília Ferraz e do delegado José Barradas, cumpriu mandado de prisão preventiva em nome de Paulo Melo da Costa, 40, por estupro de vulnerável, que teve como vítima uma adolescente de 12 anos. O crime aconteceu no dia 1º de fevereiro deste ano, na casa do autor.

A prisão do infrator ocorreu no último sábado (21).

De acordo com a autoridade policial, o indivíduo foi preso na Estrada Itapeua, bairro Itamarati, em Coari (distante 363 quilômetros em linha reta da capital).

O crime

Na ocasião do crime, a adolescente chegou da escola e ficou brincando em frente a sua residência com uma amiga, momento em que o infrator chegou ao local e chamou a vítima para ir até a casa dele. Porém, ela se recusou, e o homem a puxou pelo braço e a levou para sua residência, onde abusou sexualmente dela por duas horas, de forma violenta.

Ainda segundo o delegado, no momento do crime, ele ameaçou a vítima, dizendo que se ela contasse algo, mataria o pai dela. A adolescente contou ao pai, que se encaminhou à unidade policial onde os dois denunciaram o homem.

“Após a formalização da denúncia, iniciamos uma investigação e solicitei a justiça o pedido de prisão. O mandado foi expedido na última sexta-feira (20), pelo juiz Leonardo Guimarães Primo de Carvalho, da Comarca de Coari”, informou Barradas.

Procedimentos

Paulo foi indiciado por estupro de vulnerável. Após os trâmites cabíveis, ele será encaminhado ao presídio de Coari onde ficara a disposição da Justiça.

Com informações da assessoria