Em entrevista Flordelis confessa que fez sexo com marido no capô do carro horas antes do crime

Foto: Reprodução

Na primeira entrevista concedida após ter sido acusada de comandar a morte do marido, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) contou que fez sexo com o pastor Anderson do Carmo, no capô do carro, horas antes do crime. A reportagem foi exibida no Conexão Repórter, do SBT.

Segundo Flordelis, no dia do assassinato, ela e Anderson chegaram a casa já de madrugada, por volta das 3h. A parlamentar relatou que os dois estavam passeando no calçadão de Copacabana e, no caminho de volta, resolveram parar o veículo em uma estrada deserta.

“Fomos à Copacabana, andamos no calçadão, fizemos as brincadeiras, andamos na praia. Depois fomos para o carro, ele pegou uma pista deserta. Nós paramos ali, namoramos, que era uma coisa normal nossa, na estrada. Me beijou bastante, eu sentei no capô do carro e tivemos relações. Falei ‘Amor, amanhã a gente vai acordar cedo, né?’. Isso foi por volta de 2h e alguma coisa”, contou.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta