Em Manaus, homem é preso acusado de estuprar a própria filha em 2018

Foto: Alailson Santos/PC-AM

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), cumpriu, na manhã desta quarta-feira (23), por volta das 6h, mandado de prisão preventiva em nome de um homem de 40 anos, pelo crime de estupro de vulnerável cometido contra a própria filha, em novembro de 2018. A prisão ocorreu no bairro Mauazinho, zona sul da capital.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Especializada, na ocasião do crime a adolescente tinha 12 anos. A vítima contou que estava sozinha na casa onde morava com a avó paterna quando seu pai chegou, aparentemente drogado, e a estuprou. Após o ato ilícito, ele e a ordenou que não contasse a ninguém.

“Somente em janeiro de 2019, a vítima relatou o ocorrido para sua avó. Em fevereiro do mesmo ano, uma tia trouxe essa adolescente à Depca para formalizar a denúncia de estupro, cometido pelo próprio pai. Diante da gravidade da situação, solicitamos medidas protetivas de urgência para a adolescente”, explicou Joyce Coelho.

O mandado de prisão preventiva em nome do homem foi expedido pela Juíza Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes, em 20 de agosto deste ano.

Procedimentos

O homem irá responder pelo crime de estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis na Depca, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará a disposição da Justiça.

As informações são da assessoria