Manaus

Em Manaus, mãe é vacinada na gravidez e bebê nasce com anticorpos contra covid-19: ‘melhor presente’

Foto: Arquivo Pessoal

Com apenas 20 dias de vida, o bebê Theo Albuquerque já está imunizado contra a Covid-19. A mãe dele, Isadora Albuquerque da Costa, de 28 anos, é fonoaudióloga e trabalhava diretamente com pessoas do grupo de risco como ‘home care’ para um hospital de Manaus e por isso foi vacinada.

Isadora contou para a equipe do Manaus Alerta que Théo nasceu no dia 12 de maio de 2021, ele fez o exame e, no dia 28, o resultado saiu: ele está imunizado. ”Estávamos na expectativa de que ele viesse com anticorpos, foi o melhor presente que eu pude dar ao meu filho. Estou super feliz!”, disse.

Ela foi vacina quando estava grávida de 6 meses. Tomou as duas doses da CoronaVac e não teve reação alguma. Ela chegou a ser diagnosticada com o vírus ainda na primeira onda, quando ainda não estava grávida.

Ainda de acordo com Isadora, a família inteira é profissional de saúde, então a imunidade de Théo foi um grande alívio. ”Quem me incentivou a tomar foi a minha médica, ela frisou o aumento de internação de grávidas e partos prematuros causados pela Covid-19”, explica a mãe.

Acompanhamento 

Apesar da boa notícia, ainda não se sabe por quanto tempo o bebê permanece com os anticorpos. Daqui 2 meses, o exame precisará ser refeito e Théo continuará fazendo acompanhamento para saber se haverá mudança em sua imunidade, que veio acima do normal de um adulto.

Incentivo 

Alguns bebês que nasceram no mundo com anticorpos já haviam demonstrado que a vacina é benéfica até para quem ainda não nasceu. Há estudos relatando que o aleitamento materno ajudará ainda mais a imunização caso a mãe já esteja vacinada.

Para incentivar outras mães a tomarem, Isadora afirma que no momento de uma pandemia o maior ato de amor que uma mãe pode dar ao seu filho é se imunizar.

”É um presente aos pequenos e uma esperança pra população de que dias melhores virão, que a vacina é o melhor caminho sim, então VACINA SIM! Não tenham medo. A felicidade de vocês ao verem que um ser tão indefeso já vem com uma carga de imunidade tira uma parte dessas insegurança e desse medo com o vírus”, finaliza a mãe.

Por Thainá Araújo – Portal Manaus Alerta.