Em Maués, homem que matou esposa a remadas é morto por “colegas” de cela

3326
Foto: Divulgação

O agricultor Rosimar Sales Moraes, de 31 anos, que estava preso por matar a esposa identificada como Jomara Ferreira, de 34 anos, a golpe de remo, em uma comunidade rural, no dia 27 de agosto deste ano, no município de Maués, interior do Amazonas, foi morto na noite desta quarta-feira (4), dentro da unidade prisional daquele município.

Em depoimento, o homem disse para o polícia que a mulher caiu da canoa e batido a cabeça. O que chamou a atenção da equipe de enfermagem do hospital para onde a vítima tinha sido socorrida. A filha da vítima, de seis anos, foi única testemunha do crime e contou a verdade para os policiais.

De acordo com as informações apuradas pelo Portal Manaus Alerta com policiais da 10ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o homem foi espancado por outros presos. Rosimar ainda foi socorrido até o Hospital Geral Raimunda Francisca Dinelli, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

O crime vai ser investigado pelos agentes da 48ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Maués.

Por Suzana Martins

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui