Em Maués, homem que matou esposa a remadas é morto por “colegas” de cela

3307
Foto: Divulgação

O agricultor Rosimar Sales Moraes, de 31 anos, que estava preso por matar a esposa identificada como Jomara Ferreira, de 34 anos, a golpe de remo, em uma comunidade rural, no dia 27 de agosto deste ano, no município de Maués, interior do Amazonas, foi morto na noite desta quarta-feira (4), dentro da unidade prisional daquele município.

Em depoimento, o homem disse para o polícia que a mulher caiu da canoa e batido a cabeça. O que chamou a atenção da equipe de enfermagem do hospital para onde a vítima tinha sido socorrida. A filha da vítima, de seis anos, foi única testemunha do crime e contou a verdade para os policiais.

De acordo com as informações apuradas pelo Portal Manaus Alerta com policiais da 10ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o homem foi espancado por outros presos. Rosimar ainda foi socorrido até o Hospital Geral Raimunda Francisca Dinelli, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

O crime vai ser investigado pelos agentes da 48ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Maués.

Por Suzana Martins