Cidades

Empresa de transporte coletivo tem 8 ônibus apreendidos após fiscalização

Dos veículos com irregularidades 42 foram notificados e oito foram removidos para o parqueamento da SMTU, incluindo um do tipo articulado- foto: Altemar Alcântara/ Semcom
Redação
Postado por Redação

Fiscais e vistoriadores da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) estiveram na garagem da empresa Global Green na manhã desta terça-feira (9) e encontraram 50 ônibus com problemas de manutenção e conservação. Dos veículos com irregularidades 42 foram notificados e oito foram removidos para o parqueamento da SMTU, incluindo um do tipo articulado.

Dentre as irregularidades verificadas pela fiscalização estão ônibus com assento quebrado/rasgado, plataforma elevatória para pessoas com deficiência inoperante, limpador de parabrisa quebrado, parabrisas trincado, assoalho danificado, forros da lateral, do teto, do piso e da sanfona rasgados. A lei n.º 1.779 de outubro de 2013 estabelece como penalidade para esses casos, multas que variam 5 a 50 Unidades Fiscais do Município (UFMs), correspondente a um valor que pode ir de R$ 499,20 a R$ 4.992,00.

Diante dos problemas identificados no trabalho de vistoria, o superintendente da SMTU, Audo Albuquerque da Costa, afirmou que a empresa terá um prazo de 90 dias para sanar as irregularidades de toda a sua frota de 239 ônibus.

A operação contou ainda com a presença dos vereadores que compõe a Comissão de Transportes da Câmara Municipal de Manaus (CMM), Rosivaldo Cordovil, Cláudio Proença e Joelson Souza, além de agentes da Ouvidoria e Proteção ao Consumidor – Procon Manaus, que também verificaram o cumprimento do artigo 257 da Lei Orgânica de Manaus (Loman), chamada de “Lei do Troco”, que estabelece como obrigação da empresa de ônibus o fornecimento de moedas aos cobradores para o troco. Ainda de acordo com o superintendente, outras empresas deverão ser fiscalizadas.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários

Deixe um comentário