Enfermeiro receberá prêmio nacional por atuação em defesa do parto humanizado

O “Juramento do Pai” foi a estratégia criada pelo profissional para envolver por completo a figura paterna, no momento do parto- foto: divulgação/Susam

A atuação em defesa do parto humanizado, na rede estadual de saúde, deu ao enfermeiro e gerente de Maternidades da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Edilson Albuquerque, a indicação para receber a maior honraria oferecida pelo Conselho Federal de Enfermagem (Confen), o prêmio “Anna Nery”.

Enfermeiro obstetra, Edilson teve o trabalho reconhecido nacionalmente, ao criar um juramento para os pais realizarem, no momento de cortar o cordão umbilical dos filhos, na maternidade Ana Braga, onde atuava, antes de assumir a Gerência de Maternidades. O “Juramento do Pai” foi a estratégia criada pelo profissional para envolver por completo a figura paterna, no momento do parto.

A iniciativa ganhou destaque na imprensa local e nacional, com a participação dele no programa “Encontro”, apresentado pela jornalista Fátima Bernardes, na Rede Globo.

“Sinto-me honrado com a indicação. Esse é o prêmio máximo da Enfermagem brasileira. Ver o nosso trabalho ser reconhecido nacionalmente, nos impulsiona a fazer cada vez melhor e quem ganha com isso é a população, pois é para ela que trabalhamos”, afirmou.

Segundo ele, a Susam tem estimulado e dado a oportunidade para que, na gestão das Maternidades, se possa realizar uma assistência de excelência. Edilson agradeceu ao Conselho Regional de Enfermagem (Coren-AM) pela indicação e à Susam pelo apoio e confiança na Gerência das Maternidades da rede.

Ele conta que o “Juramento do Pai”, que lhe rendeu projeção nacional, foi inspirado pelos ensinamentos recebidos de uma professora muito especial, enfermeira obstetra. “Na faculdade, ela nos demonstrava o parto como um momento tão emocionante, que resolvi criar o juramento, com esses princípios que ela nos passou”, relata o enfermeiro.

Homenagem

Os profissionais homenageados pelo Cofen receberão o prêmio no 21º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem (CBCENF). O evento será realizado na cidade de Campinas, em São Paulo, de 26 a 30 de novembro.

Entre outros critérios, para receber o prêmio Anna Nery o profissional precisa estar devidamente inscrito e com situação regular no Coren e ter conduta ético-profissional irrepreensível.

Prêmio Anna Nery

O prêmio “Anna Nery” foi criado em 2012. A honraria é concedida a profissionais que tenham se destacado pelo exercício profissional exemplar, compromissado com o cuidado ao paciente e com a valorização da Enfermagem.

Nascida no século 19, Anna Justina Ferreira Nery deu nome à primeira escola oficial brasileira de Enfermagem, criada em 1926. Por causa de sua trajetória, é considera a Patrona da Enfermagem Brasileira.

Com informações da assessoria