Entenda como será a cobrança dos reajustes retroativos de planos de saúde

Foto: Divulgação

As seguradoras dos planos de saúde começarão a cobrar ainda em janeiro os reajustes de valores para 2020, suspensos em virtude da pandemia do novo coronavírus, para aproximadamente 20 milhões de usuários. Os custos retroativos serão somados com o aumento de 2021.

A cobrança dos valores que deixaram de ser pagos em 2020 será feita diretamente no boleto do beneficiário e em até 12 parcelas mensais de igual valor. Deverá constar no boleto informações detalhadas cobre os reajustes e o número de parcelas a serem pagas.

Se solicitado pelo usuário do plano de saúde ou da pessoa jurídica contratante, será possível efetuar o pagamento em um número menor de parcelas. A seguradora precisa estar de acordo com a alteração.

Veja a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta