Esportes

Escândalo no UFC: McGregor se entrega à polícia de NY após ataque

Lutador irlandês feriu atletas que participariam do UFC 223 em ataque a ônibus - Imagem: Reprodução/Twitter
Redação...
Postado por Redação...

O dia de fúria de Conor McGregor e sua gangue terminou na delegacia. O lutador irlandês de MMA se entregou à polícia de Nova York, nos Estados Unidos, na madrugada desta sexta-feira, horas depois de atacar um ônibus que transportava outros atletas durante evento promocional do UFC 223, no ginásio Barclays Center. Segundo informações do site americano MMA Fighting, McGregor e seus colegas foram acusados de crimes de agressão e envolvimento criminoso e devem permanecer sob custódia até nova decisão nesta sexta.

Na quinta-feira, McGregor e membros de sua equipe invadiram o estacionamento do ginásio para encontrar seu desafeto, o russo Khabib Nurmagomedov, que vai lutar com o americano Max Holloway. McGregor atirou latas de lixo e até barras de ferro em direção ao ônibus em que Khabib e mais lutadores estavam, conforme mostraram as câmeras de segurança e de testemunhas. Os lutadores Michael Chiesa e Ray Borg sofrerem danos pelos estilhaços dos vidros quebrados e foram retirados do card do UFC 223.

McGregor, que não luta no UFC há quase dois anos, mas segue como campeão peso-leve, ficou irritado porque Khabib se desentendeu com o companheiro de treino do irlandês, Artem Lobov. Confira, abaixo, imagens do ataque feitas pelo site TMZ:

Dana White: ‘Coisa mais nojenta da história do UFC’

O presidente do UFC, Dana White não economizou nas críticas ao lutador, de quem foi bastante íntimo no passado. Horas depois do incidente, revelou que McGregor seria detido. “Isso foi a coisa mais nojenta que eu já vi em toda a história da companhia. A polícia está procurando por ele agora, seu avião não pode sair de Nova York. Se não o encontrarem, ele vai ter de se entregar. O que fez foi péssimo para a carreira dele”, desabafou.

“Não sei se ele está drogado, o que realmente aconteceu. Mas como o cara pôde vir fazer algo assim? Estamos falando de uma pessoa que acabou de ser pai. Ele acabou de ter um bebê. É assim que ele age? Conor, você tem um filho em casa.” A relação entre o presidente e a maior estrela do UFC já havia estremecido nos últimos anos, com o afastamento do irlandês da companhia – em sua aventura no boxe, foi derrotado por Floyd Mawyeather.

Fonte: VEJA

Comentários

comentários

Deixe um comentário