Escola estadual é a única finalista do AM, na 12ª Olimpíada Nacional de História do Brasil

Seis alunos da Escola Estadual (EE) Tiradentes, zona sul de Manaus, classificaram-se para a grande final da Olimpíada Nacional de História do Brasil (ONHB). A unidade é a única representante do Amazonas na disputa. Em sua 12ª edição, a competição é um projeto de extensão da Universidade Estadual de Campinas e traz uma proposta inovadora de estudar a história do Brasil, abordando temas fundamentais a partir de documentos históricos, imagens, mapas, textos acadêmicos, pesquisas inéditas e debates historiográficos.

Os estudantes da escola, sob a orientação do professor Yano de Souza Tavares, compõem duas equipes: a Futurama e a Red Velvet; ambas classificadas para a finalíssima. A primeira é composta pelos alunos Larissa dos Santos Azevedo, Cássio Carvalho Campos e Beatriz Lima Carvalho Araújo, todos da 3ª série do Ensino Médio. Já o grupo Red Velvet é formado pelos finalistas Maria Eduarda Santos Farias, Pedro Henrique da Silva Pereira e Keven dos Santos Soares.

A equipe Futurama foi a 1ª colocada na ONHB, no âmbito estadual, seguida pela Red Velvet. Agora, os grupos aguardam o anúncio dos vencedores, definidos a partir da 6ª e penúltima fase da disputa, onde as equipes tiveram suas tarefas corrigidas por uma banca da comissão organizadora da ONHB (composta por elaboradores de prova). O resultado será anunciado no próximo dia 22 de novembro.

Para a aluna Larissa dos Santos Azevedo, a notícia da classificação para a final veio como uma surpresa para os integrantes da Futurama. “Ficamos muito felizes, pois trabalhamos e nos esforçamos bastante para que isso acontecesse. Não esperávamos chegar até a final e, além disso, ser a equipe número um do estado. Temos que agradecer a todos que nos ajudaram desde o começo, à escola, ao gestor [Allan Andrade], ao nosso administrador Lúcio Toscano e aos professores”, destacou a estudante.

Representante do grupo Red Velvet, Maria Eduarda Santos Farias também agradeceu à equipe escolar da unidade pelo apoio durante todas as fases da ONHB. “Nossas expectativas são as melhores possíveis e estamos muito felizes por representar não somente a Escola Estadual Tiradentes, mas também o Amazonas”, acrescentou a aluna.

“É uma satisfação poder ver o progresso, a iniciativa e o comprometimento dos professores e alunos da escola em participar e alcançar méritos através do esforço individual e coletivo e dos exemplos e experiências construídas no processo de ensino-aprendizagem e na interação com os docentes no espaço da sala de aula”, afirmou o gestor da EE Tiradentes, Allan Andrade. Caso sejam premiadas, as equipes da unidade receberão medalhas de ouro, prata ou bronze, bem como certificados de participação na ONHB.

Edição diferenciada

Este ano, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), os alunos que participaram da ONHB tiveram de acessar a etapa final da disputa de maneira on-line. Sabendo que esse acesso “caseiro” nem sempre é por banda larga e em computadores ou celulares dos mais modernos, a organização da Olimpíada criou formas alternativas de acesso e interação com a prova.

Uma delas foi a página de “Envio simplificado”, opção de aba leve que funciona mesmo em conexões mais lentas e dispositivos mais antigos. A alternativa esteve disponível no site oficial da ONHB, durante toda a disputa nacional.

Sobre a edição

Um total de 421 equipes de todos os estados do País estão na final da 12ª Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB). Diferente dos anos anteriores, quando uma grande final presencial ocorria em Campinas (SP), em 2020, a última etapa da competição ocorreu de maneira on-line.

Os estados do Nordeste concentram o maior número de finalistas. Ceará é o que soma mais equipes: um total de 86 grupos. Em seguida, estão Rio Grande do Norte, com 67 equipes; São Paulo, com 63; Bahia, com 53; e Pernambuco, com 55. Já estados como Acre, Amazonas, Roraima, Amapá, Maranhão, Tocantins, Alagoas, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, além do Distrito Federal, seguem para a final com duas equipes representantes cada.

A Olimpíada teve início em setembro, com 69,8 mil inscritos de todo Brasil, totalizando 17,4 mil equipes.

As informações são da assessoria.