Estação dez do Manôbike é destruída e deve voltar a operar em até 20 dias

Uma das bicicletas também foi danificada, não sendo possível reparo. Ela será substituída por uma nova- foto: Altemar Alcântara/Semcom

A estação número dez do projeto Manôbike, localizada na rua Miranda Leão, no Centro, foi destruída. Pelas características apresentadas, o local foi alvo de um acidente de trânsito. Uma das bicicletas também foi danificada, não sendo possível reparo. Ela será substituída por uma nova.

Técnicos da empresa que opera o sistema em Manaus estão trabalhando para remover a estação danificada da Miranda Leão, que ficará sem funcionar até que um novo módulo seja produzido e enviado de São Paulo para a cidade.

Segundo comerciantes da área, um acidente teria provocado os danos na estação, mas não há confirmação oficial. Uma nova estação já foi solicitada para Manaus, para manter as 11 implantadas na capital. A mesma deverá estar disponível entre 15 e 20 dias para substituição.

O Manôbike foi lançado no último dia 12 de abril e até o momento já teve 1.057 viagens contabilizadas, com 2.588 cadastros feitos no site e aplicativo do projeto (disponível para IOS e Android).

Denúncias

A empresa operadora do sistema Samba/Serttel informa que denúncias relacionadas a vandalismo podem ser feitas imediatamente à Central de Atendimento ao Cliente pelo número 4003-0387, para que seja acionada a assistência técnica local.

Com informações da assessoria