Estudantes de Enfermagem participam de Semana de Combate às Drogas e Alcoolismo

Foto: Divulgação

Neste sábado (20) é celebrado o Dia Nacional de Combate às Drogas e Alcoolismo. A data busca alertar a população sobre o uso indevido dessas substâncias, a importância de reconhecer o problema e buscar tratamento médico, além dos reflexos que a dependência causa em toda a família. Para conscientizar estudantes do curso Técnico em Enfermagem, o Centro de Ensino Literatus realizará, entre os dias 22 e 26, uma ação virtual para ajudar a levar informação à população.

Segundo a enfermeira e assessora técnica da instituição, Verônica Leite, a ideia é que ao longo da semana, com a ajuda dos docentes, os alunos criem mensagens de conscientização para a população através de vídeos, cartazes e folders, publiquem em suas redes sociais e marquem os perfis do Literatus.

“Queremos ajudar os futuros técnicos em enfermagem a se tornarem também disseminadores de informações, que possam dividir experiências, que saibam oferecer atendimento humanizado aos pacientes e que possam contribuir para estratégias de melhoria e inovação na área da saúde”, destacou Verônica.

Em números

De acordo com uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz, realizada em 2019, 4.9 milhões de brasileiros consumiram drogas ilícitas em um período recente. Esse número equivale a 3.2% da população brasileira. Destes, 7,7% consumiram maconha, haxixe ou skank, 3,1%, cocaína, 2,8%, solventes e 0,9%, crack.

Além de drogas ilícitas, o levantamento mapeou o consumo de álcool, onde 30.1% dos participantes indicaram uso abusivo dessa substância. Homens consumiam numa única ocasião cinco doses ou mais de bebidas, enquanto mulheres, quatro doses ou mais.

E durante a pandemia a população aumentou o uso dessas substâncias, apontou uma pesquisa anual da Global Drug Survey sobre o uso de drogas em todo o mundo. Para se ter uma ideia, apenas no Brasil o consumo de álcool aumentou 41%.

Com informações da assessoria