EUA fazem simulação de bombardeio na Coreia do Norte

Quatro caças F-35B e dois bombardeiros B-1B dos Estados Unidos realizaram nesta segunda-feira (18) a simulação de um bombardeamento sobre a Coreia do Norte, como resposta ao disparo, sexta-feira, de um míssil balístico de Pyongyang.

O míssil norte-coreano percorreu 3.700 quilómetros antes de cair no mar e depois de ter sobrevoado o arquipélago do Japão. Segundo informações da Agência Lusa, para o exercício aéreo participaram também quatro caças sul-coreanos F-15K. A agência de notícias Ynohap que cita fontes do governo de Seul.

O uso de meios aéreos e navais dos Estados Unidos durante exercícios militar são encarados na península coreana como uma prova de força e tem sido habituais desde o passado dia 31 de agosto, altura em que foram enviadas para região os quatro caças F-35B e os dois bombardeiros B-1B.

Fonte: Noticias ao minuto