Ex-BBB que confessou assassinato entra para a política

O participante do ‘Big Brother Brasil 15’, Luan Patrício, que foi eliminado do reality show com 87% dos votos, agora dá expediente como subsecretário de Cultura de Mesquita, na Baixada Fluminense.

Segundo informações do jornal ‘Extra’, durante a passagem de Luan pelo programa programa, o rapaz ficou marcado por atitudes inusitadas, já que roubava comida da produção, se envolvia em brigas e, inclusive, até chegou a dizer que tinha matado um homem enquanto serviu o exército.

Ainda segundo a publicação, agora o ex-BBB deixou o seu cargo como gerente de um salão de beleza e agora trabalha como subsecretário de Cultura, onde tem um salário de R$ 2.800,00. O convite para o posto foi feito pela equipe do prefeito eleito, Jorge Miranda (PSDB).

Fonte: Noticias ao minuto