Família de amazonense morta na Holanda tem dificuldade para trazer corpo

Foto: Arte/Manaus Alerta

Os familiares da adolescente Alice Vitória Oliveira de Albuquerque, de 15 anos enfrentam grande dificuldade burocrática para trazer o corpo da jovem para Manaus. Alice foi assassinada na última quarta-feira (12) com um facada na nuca, na cidade de Rotterdam, na Holanda. A principal suspeita é uma colega de aula, de 16 anos.

De acordo a tia da vítima, Edgele de Oliveira Albuquerque, a família aguarda um posicionamento do consulado da Holanda até amanhã (15).

Edgele explicou anteriormente ao Manaus Alerta que as autoridades locais não queriam liberar o corpo. Por esse motivo, os familiares e amigos se mobilizaram na internet para pressionar o consulado da Holanda, para que o corpo seja trazido o quanto antes, para ser velado e sepultado próximo de entes queridos.

 

O crime

A jovem amazonense Alice Vitória Oliveira de Albuquerque, de 15 anos, foi assassinada na última quarta-feira (12), com uma facada na nuca, em Rotterdam, na Holanda. O crime foi supostamente cometido pela amiga da vítima, de 16 anos.

A motivação do crime ainda não é certa, mas, segundo o jornal local, a autora da facada supostamente tinha interesse amoroso com a vítima que não a correspondia. Uma noite antes do crime, elas tiveram uma discussão e no dia seguinte Alice foi atraída para a casa da jovem que desferiu a facada em seu pescoço com a ajuda da mãe.

Portal Manaus Alerta