Família procura pintor desaparecido desde a madrugada de segunda

O pintor é morador da Rua Cabuçu, no bairro São José Operário- foto: divulgação/PC

O pintor Denilson da Silva Cativo, 44, está desaparecido desde a madrugada do dia 2 de outubro deste ano, e a delegada Catarina Torres, titular da Delegacia Especializada de Ordem Política e Social (Deops), solicita a colaboração de todos na divulgação da imagem do homem.

De acordo com o irmão dele, Durval da Silva Cativo Filho, da última vez em que Denilson foi visto ele estava usando uma camisa de cor vermelha, bermuda, um boné vermelho e calçava chinelos. O fato ocorreu por volta de meia-noite, na escadaria do Porto de Manaus, no bairro Centro. Desde então os familiares não tiveram mais notícias sobre ele.

Conforme Durval, o homem faria uma viagem de barco com o sobrinho para o estado do Pará, no dia 3 de outubro, porém não compareceu para o embarque. O pintor é morador da Rua Cabuçu, no bairro São José Operário.

Quem puder colaborar com informações que levem ao paradeiro do desaparecido, entrar em contato com os servidores da Deops pelo número: (92) 3214-2268. Para falar com os familiares de Denilson, ligar para os números (92) 99101-2501 ou 99283-0165.