Cidades

FCecon e Cetam lançam pós-graduação em oncologia para técnicos da saúde

O Inca, subordinado ao Ministério da Saúde, estima que o Amazonas registrará 80 novos casos da doença, em 2018- foto: Valdo Leão
Redação
Postado por Redação

Uma parceria entre Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), e Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), viabilizou, de forma pioneira, o lançamento da primeira especialização em oncologia para profissionais com formação técnica.

O edital foi lançado na semana passada e está disponível no site www.cetam.am.gov.br, para as áreas de enfermagem e saúde bucal. De acordo com a diretora-presidente da FCecon, engenheira biomédica Ana Paula Lemes, o principal foco é a melhoria da qualidade assistencial ao paciente com câncer que busca tratamento especializado na instituição.

Inscrições

As inscrições são online e podem ser feitas de 29 de março a 9 de abril, no próprio site do Cetam, ao valor de R$ 30. Os cursos têm a duração de seis meses e a previsão de início é em setembro deste ano.

O acordo de cooperação técnica foi definido na última semana, com a presença de membros da Diretoria de Ensino e Pesquisa da FCecon, Enfermagem Oncológica e do Cetam, na sede da Fundação (rua Francisco Orellana, Dom Pedro, zona oeste de Manaus). A parte do projeto que inclui a especialização em enfermagem oncológica foi idealizada pelas enfermeiras Edilene Coelho Duarte (coordenadora do Serviço de Quimioterapia FCecon) e Ellen Albuquerque de Freitas, ambas do quadro da instituição de referência.

Segundo a diretora de Ensino e Pesquisa da Fundação, farmacêutica bioquímica Kátia Luz Torres, o público-alvo do projeto ‘pós-técnico’ inclui técnicos de Enfermagem e de Odontologia que já estejam atuando na FCecon, ou, que pretendam atuar na área oncológica no futuro.

“Buscamos a capacitação para todas as áreas profissionais da saúde que tenham alguma relação com a oncologia. O processo de educação permanente é algo que temos como prioridade na unidade hospitalar, pois contribui com um atendimento mais qualificado e também humanizado, uma vez que você passa a ter mais conhecimento sobre a condição dos pacientes”, destacou Torres.

Cursos de curta duração

A farmacêutica explicou que, além da iniciativa, estão em fase de planejamento outros cursos de curta duração, com o apoio do Cetam e do Ministério da Saúde (MS), através do ’Programa Itinerários do Saber, voltados especificamente para profissionais que atuam na assistência do paciente oncológico.

Entre eles, estão a capacitação de técnicos de enfermagem em qualidade e segurança do paciente, com ênfase nos protocolos básicos do MS/Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária); Suporte básico de vida em urgência e emergência para auxiliar de enfermagem, técnicos de enfermagem e condutores de veículos de urgência; Capacitação de condutas de efeitos da radioterapia e quimioterapia na cavidade oral; Oncologia: atração de equipe multidisciplinar; Segurança e prevenção de acidentes na odontologia: emergência e biossegurança, entre outros.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário