FCecon instala sistema de detecção e alarme de incêndio e capacita servidores

Foto: Laís Pompeu/FCecon

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), iniciou, nesta quarta-feira (02), o treinamento para o novo sistema de detecção e alarme de incêndio implantado no último mês de agosto no serviço de Radioterapia. A previsão é que, até o final de setembro, todo o hospital esteja coberto pelo sistema.

O sistema de detecção e alarme de incêndio é uma estrutura composta por equipamentos que, quando acionados, podem fornecer avisos para tomadas de decisão. Um dos principais benefícios do sistema, que contém detectores de fumaça e acionadores manuais, é a agilidade e rapidez do acionamento. Em caso de uma pequena concentração de fumaça, o alarme dispara.

“Esse sistema é de detecção e alarme de incêndio. Ele detecta, através de sensor de fumaça, se está tendo algum incêndio e aciona o alarme. Também é possível acionar o alarme manualmente pelas botoeiras. O sistema permite que tenhamos mais segurança aos pacientes e segurança patrimonial em caso de algum sinistro”, explica o engenheiro eletricista da FCecon, Augusto Martinot.

A instalação dos equipamentos de prevenção a incêndios na Fundação Cecon segue legislações e normativas, como a Norma Regulamentadora (NBR) 17.240, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), e instruções técnicas do Corpo de Bombeiros.

Cobertura

Está prevista, até o final do mês de setembro, a conclusão da instalação do sistema central de alarme de incêndio, que fará a cobertura de todo o hospital.

“A Fundação Cecon está seguindo todas as normas e legislações para a segurança de pacientes e funcionários na instituição. Nossa gestão está comprometida em aprimorar, cada dia mais, os serviços que prestamos à população, que passa por atender as normas de segurança”, afirma o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão.

Treinamento

Nesta quarta-feira, 15 funcionários da FCecon passaram pelo treinamento do sistema de alarme na Radioterapia, entre servidores da manutenção, recepção, engenheiros, brigadistas e especialistas em segurança do trabalho do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) que atua na Fundação.

Segurança

Além de atender a normas regulamentadoras, a instalação dos equipamentos de prevenção a incêndios tem resultado direto na segurança dos pacientes. “Na FCecon, a instalação do sistema atende aos itens da legislação e resguarda as vidas dos pacientes que estão em tratamentos oncológicos, pois estão vulneráveis devido ao tratamento”, destaca a coordenadora do SESMT/FCecon, engenheira de segurança do trabalho Núbia Leão.

A engenheira destaca que um incêndio pode ocorrer por inúmeras possibilidades e causas. Por isso, o sistema de alarme de incêndio, junto ao detector de fumaça, é importante para a prevenção e para alertar sobre qualquer tipo de perigo.

Em caso de disparo do alarme, a FCecon tem servidores treinados e brigadistas preparados para atuar neste tipo de situação. Nas próximas semanas, uma nova turma de brigadistas será formada na unidade, reforçando ainda mais as ações de segurança e prevenção.

As informações são da assessoria

Conteúdo desta publicação