FCecon moderniza serviço de Odontologia com novos equipamentos

Foto: Divulgação/FCecon

O serviço de Odontologia da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), recebeu novos equipamentos e bancadas odontológicas adaptadas que irão proporcionar mais qualidade e agilidade ao atendimento ao paciente com câncer. Entre os equipamentos, estão cadeiras odontológicas, compressores de ar, fotopolimerizadores, aparelhos de laserterapia e de profilaxia.

Os aparelhos chegaram no mês de novembro e, além dos equipamentos odontológicos, também foram adquiridos mesas de escritório, microcomputadores, impressora, frigobar, TVs, bebedouros, poltronas e nobreak.

Segundo o diretor-presidente da Fundação Cecon, Gerson Mourão, os aparelhos irão beneficiar os pacientes que passam por avaliação odontológica antes de iniciar o tratamento de Radioterapia contra câncer na região de cabeça e pescoço e/ou Quimioterapia. Ele explica que o objetivo é eliminar possíveis focos infecciosos na região bucal, os quais são porta de entrada para outras doenças.

Revitalização 

A gerente do serviço de Odontologia, Perla Assayag, explica que o setor será todo revitalizado. Além dos aparelhos, as duas salas odontológicas terão a pintura renovada, as bancadas serão adaptadas, proporcionando maior espaço para a circulação dos pacientes cadeirantes.

“A reforma do serviço de Odontologia é um anseio de 15 anos, como a aquisição das cadeiras odontológicas que proporcionarão mais conforto e melhor posicionamento dos pacientes. Renovamos todos os instrumentais cirúrgicos, e a aquisição de um raio-X digital, semelhante a uma máquina fotográfica, assim permitindo o exame na própria cadeira odontológica, e o resultado sai na hora”, destaca Assayag.

Os equipamentos e materiais foram adquiridos por meio de emenda parlamentar da deputada estadual Alessandra Campêlo, no valor de R$ 70 mil.

Atendimentos

De janeiro a novembro de 2020, os cinco profissionais que atuam no serviço de Odontologia realizaram mais de 1.081 consultas e 13.124 procedimentos de alta e médica complexidade – extrações, restaurações, laserterapia, aplicação de flúor, procedimentos cirúrgicos, entre outras.

Com informações da assessoria