FCecon realiza I Simpósio de Ginecologia da unidade hospitalar

Foto: Cláudio Heitor/Arquivo Secom
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

Com o intuito de debater temas voltadas à regionalização da saúde da mulher, a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) realizará no dia 9 de março, às 7h30, o I Simpósio de Ginecologia. As inscrições para o evento estão sendo feitas pelo Departamento de Ensino e Pesquisa (DEP/FCecon).

Com o tema “Simpósio de Ginecologia: como modificar a história do câncer de colo uterino no Amazonas”, o evento contará com a presença de médicos especialistas com experiência em protocolos exitosos na prevenção desse tipo de câncer, e propostas para a abordagem regionalizada e interiorização das prevenções primária (vacina), secundária (Preventivo) e terciária (conização do colo uterino).

O público-alvo do simpósio são profissionais e acadêmicos de Medicina e de Enfermagem, sendo o investimento no valor de R$ 50. A pré-inscrição pode ser feita por meio do endereço eletrônico https://forms.gle/sTVzBeTnmsY84y9L7 ou diretamente na secretaria do DEP/FCecon, 3° andar da unidade hospitalar, localizada na rua Francisco Orellana, 215, bairro Planalto. Informações adicionais podem ser obtidas pelos números 3655-4703 e 3655-4763.

Regionalização da saúde

O diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão, disse que o Governo do Estado e o hospital estão em um momento ímpar. Segundo ele, colocar em pauta a regionalização da saúde da mulher em relação às prevenções primária, secundária e terciária do câncer de colo uterino vai de encontro ao projeto “Ver e tratar o colo uterino”.

“O Amazonas possui peculiares relacionadas às questões logísticas e geografias, que dificultam as ações de prevenção contra o câncer de colo uterino. Entretanto, com este projeto estamos propondo uma nova abordagem na prevenção desse tipo de câncer, ao centralizar o atendimento em cinco municípios polos”, destacou Mourão.

Experiências exitosas

A responsável pelo serviço de Ginecologia da FCecon, Mônica Bandeira, salientou que o simpósio irá apresentar ações exitosas contra o câncer de colo uterino de outros estados brasileiros. Conforme a médica, a ideia é que essas experiências possam servir de modelo e adaptadas às práticas de prevenção desenvolvidas no Amazonas.

Idealizadora do simpósio, Mônica Bandeira ressaltou que estarão presentes como palestrantes no evento o médico ginecologista do Hospital de Barretos, Júlio César Possati Resende; o professor da Universidade de Campinas (Unicamp-SP), Júlio César Teixeira; a professora da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Heliana Feijó; dentre outros.

Programação

Durante o simpósio, o médico Júlio Possati falará sobre a realização desde 2010 pelo Hospital de Barretos de Preventivo em meio líquido, com teste para o Papilomavírus humano (HPV, sigla em inglês), em substituição ao Preventivo convencional (Papanicolau). Ele apresentará também os procedimentos adotados quando a citologia se apresenta alterada.

O médico Júlio Teixeira tratará sobre o projeto exitoso que possibilitou que a cidade de Indaiatuba seja o primeiro município brasileiro, assim com a Austrália, a erradicar o câncer de colo uterino em 2028. Já a professora Heliana Feijó abordará as particularidades de se fazer prevenção no interior do Amazonas.

Vacinação

A médica Mônica Bandeira explanará sobre o projeto “Ver e tratar o colo uterino”, a importância da vacinação contra o câncer de colo uterino e a necessidade de se retomá-la nas escolas. Segundo ela, adolescentes não se vacinam em posto de saúde, diferentemente de crianças que as mães levam.

*Com informações da assessoria


Deixe um comentário