Filha faz homenagem a pais garis em formatura: ensaio fotográfico

Foto: Cleyton de Paula

Com orgulho de suas raízes, uma aluna brasileira que sofreu bullying na escola, se formou no Ensino Médio e fez uma linda homenagem aos pais, que são garis. As informações são do Só Notícia Boa.

Vanessa dos Santos, de Quixadá, no interior do Ceará, fez um ensaio fotográfico de término de curso este mês com a mãe, Iracilda, 36 anos, e o pai, Moisés dos Santos, de 45.

O cenário para as fotos da estudante de 18 anos foi o local de trabalho dos pais: as ruas de Quixadá. Junto com o canudo e a beca, ela aparece ao lado dos de Iracilda e Moisés vestidos com uniformes de gari e latas de lixo.

Presente

Vanessa disse ao fotografo Cleyton de Paula que não sabia se teria condições de pagar pelo ensaio e o profissional deu as fotos de presente para a família.

“Que a Vanessa seja inspiração para muitos. Eu dei o pacote de presente e já recebi a recompensa!”, afirmou o fotógrafo.

Ele pegou a estudante e um de seus irmãos mais novos em casa e os levou para o Centro de Quixadá, de surpresa. O resultado do trabalho gerou comentários emocionados nas redes sociais.

Orgulho dos pais

“Sempre tive orgulho dos pais guerreiros que Deus me deu. Sempre admirei a atitude deles, nunca abaixaram a cabeça pra ninguém por que eles sabiam que tinha alguém pra cuidar, afirmou Vanessa.

E ela enfrentou as piadinhas que ouvia na escola.

“Quando eu fazia o fundamental, meus colegas de turma me chamavam de filha do lixeiro. Me sentia mais forte ainda. Nunca fiquei triste por estarem falando assim comigo. O erro não estava em mim, e sim neles”, disse ao G1.

2 horas à pé

Vanessa estudou no Colégio Coronel Virgílio Távora e fez curso técnico profissionalizante em informática na escola Maria Cavalcante Costa, o Liceu de Quixadá.

A aluna de 18 anos mora com a família no Bairro Monte Alegre e andava 2 horas a pé para chegar às aulas, no Centro da cidade.

Os pais, que pararam de estudar entre o 3° e o 4° ano do ensino fundamental, sempre incentivaram que os cinco filhos fossem além.

Vanessa conta que, devido ao amor entre o casal, eles só trabalham lado a lado. Moisés trabalha como gari há mais de 20 anos e Iracilda há algumas semanas.

Alegria

O pai, Moisés, conta que se sentiu muito feliz e com a surpresa. A realização de formar mais uma filha aumenta ao lembrar das dificuldades que passou para cuidar da família.

Ele passou dois anos morando em Fortaleza, à procura de emprego, enquanto sua esposa e filhos se sustentavam com menos de R$300.

Futuro

Com o ensino médio concluído, Vanessa pretende ingressar no curso de licenciatura de história na Universidade Estadual do Ceará (Uece).

Ele será a primeira da família a cursar o ensino superior.

A jovem aguarda o resultado do Enem e conta que seu desejo inicial era cursar na capital Fortaleza, mas devido às dificuldades financeiras, é mais provável que permaneça em Quixadá e estude no campus da cidade.

Vanessa garante que, caso passe, seus pais serão novamente a inspiração dela nesta nova jornada de estudos.

Com informações do G1.