Destaques Economia

Financiamento de R$300 milhões para infraestrutura no interior deve sair em vinte dias

R$ 300 milhões é o valor do financiamento, dos quais R$ 231 mi vão para infraestrutura urbana e sistema viário de pelo menos 16 municípios- foto: divulgação
Redação
Postado por Redação

Os municípios do interior do Estado vão receber investimentos na área de infraestrutura com o aporte financeiro de R$ 300 milhões. A previsão de liberação dos recursos é de 20 dias, segundo afirmou o governador David Almeida, que participou, em Brasília, de uma reunião com a diretoria executiva do Banco do Brasil (BB).

Este é o segundo encontro do governador com o agente financiador. O primeiro aconteceu no final de maio. Na reunião desta quinta-feira, o Governo entregou os documentos necessários para a liberação do crédito. A previsão, segundo David Almeida, é que em 20 dias os recursos já estejam disponíveis no caixa do Governo.

Crédito

A operação de crédito, de acordo com David Almeida, já tem o aval da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Do montante de R$ 300 milhões, R$ 231 mi serão destinados para a infraestrutura urbana e sistema viário dos municípios do interior.

De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), pelo menos 16 municípios do Amazonas devem ser contemplados com obras de infraestrutura urbana do sistema viário com a liberação deste crédito. Serviços que contemplam pavimentação, drenagem profunda e superficial, calçamento com meio-fio e sarjeta, além da construção de pontes. Benjamin Constant, Coari, Codajás, Manacapuru, Parintins, Autazes, Anori, por exemplo, são alguns dos que serão contemplados.

Novos recursos

A reunião com a direção do Banco do Brasil também abriu caminho para a liberação de novos recursos. Segundo David Almeida, a instituição financeira apresentou uma nova linha de crédito de até R$ 5 milhões para os municípios do interior do Estado.

Nas próximas semanas o governador pretende se reunir com os prefeitos do interior para apresentar essa linha de crédito. “Os que tiverem interesse de se credenciar vão contar com o apoio e assessoria técnica do Governo”, reforçou.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários

Deixe um comentário